Mostrando postagens com marcador Gospel. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Gospel. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

VEJA O VÍDEO: Cristãos chineses se emocionam e choram ao receber cópias da Bíblia pela primeira vez

VEJA O VÍDEO: Cristãos chineses se emocionam e choram ao receber cópias da Bíblia pela primeira vez

A emoção e a alegria são evidentes entre os cristãos chineses ao terem pela primeira vez a Bíblia em suas mãos
O vídeo foi possivelmente feito de um celular do missionário Mike Law, tem gerado grande impacto na comunidade cristã, pois mostra um grupo de cristãos chineses que recebem pela primeira vez um exemplar da Bíblia Sagrada.

A emoção e a alegria são evidentes entre os cristãos chineses ao terem pela primeira vez a Bíblia em suas mãos, chorando com felicidade agradecem a Deus por permitir que eles tivessem uma versão em papel da Bíblia, já que na China continental a venda de cópias das Escrituras é proibida pelo governo oficial ateu. Há relatos que indicam que as Bíblias têm sido confiscadas e as pessoas que as transportam são presas.
Muitas missões cristãs estão comprometidas na árdua tarefa de entrar no país mais povoado do mundo com copias do Livro Sagrado dos Cristãos, para distribuir entre a igreja subterrânea, que se estende por todo o país.
Ainda é comum nas igrejas daquele país, os crentes fazerem copias da Bíblia a mão, porque geralmente apenas os líderes tem suas cópias.
Curiosamente, milhões de Bíblias são impressas na China, mas em outros idiomas e para outros países a um preço muito baixo. Anos atrás David Aikman, autor do livro “Jesus em Pequim”, observou incongruência do governo chinês para proibir a religião cristã nos país, mas nas livrarias é comum encontrar livros sobre o budismo, ateis e o islã, incluindo o Alcorão. Ou seja, a proibição, no entanto é apenas para a Bíblia, querendo sufocar o cristianismo, mas apesar disso a Igreja continua a crescer naquele país.


Veja o vídeo:



Fonte: redefonte/GG

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Pastora e cantora gospel morre no púlpito durante ministração

Pastora e cantora gospel morre no púlpito durante ministração

Nas redes sociais amigos, familiares e líderes lamentaram o falecimento da pastora, e deixaram mensagens de conforto para o viúvo e toda família

Mais um caso de morte no púlpito durante um culto foi registrado no Brasil. O caso aconteceu na cidade de Campo Grande (MS), A pastora e cantora gospel Vera Lúcia, faleceu no último domingo (02), enquanto pregava em uma igreja Assembleia de Deus logo após dizer que “Deus é bom”, e sofrer o mal súbito e cair no chão.

O esposo da pastora foi quem deu a notícia através de uma live no Facebook. “A alma está despedaçada, mas a gente sabe que lá no céu ela está descansando com o Senhor Jesus”, disse o pastor Claudionor Evangelista, esposo de Vera.
 
"Ela gritou ‘Deus é bom, Deus é bom’ e caiu já em óbito. Deus tomou ela para Si”, disse Evangelista, relatando os últimos segundos de vida da sua esposa. “Deus sabe o que faz, e tudo que Ele faz é bom. Ela estava preparada”.

Claudionor falou emocionado: “Coração tá arrebentado, a alma está despedaçada, mas a gente sabe que lá no céu ela está descansando com o Senhor Jesus, no seio de Abraão. Um dia nós vamos estar lá também.”

Nas redes sociais amigos, familiares e líderes lamentaram o falecimento da pastora, e deixaram mensagens de conforto para o viúvo e toda família.

O sepultamento foi realizado nesta segunda-feira, (03), conforme informações divulgadas pela família.

A pastora e cantora Vera Lúcia tinha apenas 58 anos, e pertencia a Assembleia de Deus Missões em Campo Grande.

Com informações: O FUXICO GOSPEL

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Novo caso de suicídio envolvendo pastor da Assembleia de Deus assusta cristãos

Novo caso de suicídio envolvendo pastor da Assembleia de Deus assusta cristãos

Ele pulou de uma ponte no interior de São Paulo

    Foto de reprodução

Segundo informações de alguns sites de notícias cristão, o pastor Rafael Octávio cometeu suicídio na última terça-feira (27). Ele era ligado a uma das igrejas conexa ao ministério do pastor Marco Feliciano, a Igreja Assembleia de Deus Catedral do Avivamento.

As informações que estão sendo compartilhadas nas mídias sociais revela que o jovem pastor, se jogou de uma ponte que fica localizada em município no interior de São Paulo, em Orlândia.

Algumas pessoas mais próximas relataram que o pastor Rafael já havia dirigido congregações da denominação liderada pelo pastor e deputado federal Marco Feliciano (PODE-SP), ele sofria de depressão, doença que estava sendo tratada com medicamentos há tempos, mas ainda não havia tido nenhuma melhora no quadro de saúde atual.

A página de uma rádio na internet, Web Rádio Inove confirmou a notícia. “Um jovem da cidade de Orlândia, conhecido como Pastor Rafael, acabou de cometer suicídio, pulando de uma ponte da cidade”.

“Pr Rafael partiu desta vida. Minhas orações a família e aos irmãos da igreja Catedral. Que possamos ser mais generosos uns com os outros… inclusive com os pastores, perdoar mais e olharmos pastores com olhar de misericórdia. Precisamos olhar melhor para essa doença chamada DEPRESSÃO. Pastores precisam ser pastoreados e mais amados. Deus guarde nossas vidas da insanidade mental e nos conserve com a mente de Cristo”. Compartilhou uma seguidora do pastor no Instagram.

Devido à depressão o pastor Rafael Octávio estava afastado dos trabalhos da igreja já fazia um certo tempo. Ele integrava a alta cúpula do ministério Catedral do Avivamento em Franca, São Paulo. O pastor era casado com a pastora Alliny com quem tinha uma filha.

Até o fechamento dessa matéria o pastor Marco Feliciano não se pronunciou em nenhuma das suas mídias sociais.
          
 Fonte: GG

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Evangélicos serão maioria no Brasil antes de 2040, aponta IBGE

Evangélicos serão maioria no Brasil antes de 2040, aponta IBGE


O Brasil terá maioria evangélica em até uma década, afirma o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento do órgão oficial do governo, no entanto, se limita a projetar uma tendência, sem explicar os motivos da grande transição religiosa que vem acontecendo no Brasil.

Uma extensa reportagem do jornal Valor a respeito do assunto contextualizou a situação comparando com o cenário de países vizinhos na América do Sul. O Chile, por exemplo, vem observando um abandono da religião católica em grau acentuado, mas ao contrário do Brasil, os ex-católicos de lá, na maioria, se tornam ateus, agnósticos ou sem religião.

Esse cenário foi um dos principais motivos que levou o papa Francisco a visitar o país no começo deste ano, em um gesto que expressa a tentativa de conter a sangria e mostrar serviço contra os escândalos de abusos sexuais e pedofilia envolvendo sacerdotes da igreja romana.

O Chile passa por uma secularização acelerada, segundo pesquisadores da área, ficando atrás em termos de ritmo apenas do Uruguai, que tem 41% da população ateia, agnóstica ou sem religião. No Brasil, o percentual dessa categoria não religiosa também cresceu para 14%, no ano passado. “No Brasil ainda estamos criando paróquias”, comenta o padre Valeriano dos Santos Costa, diretor da Faculdade de Teologia da PUC-SP.


Em terras tupiniquins, os católicos vinham perdendo 1% dos seus fiéis anualmente e os evangélicos ganhando 0,7%, como registrado no Censo de 2010. Atualmente a perda dos católicos já supera a casa de 1% ao ano, e o crescimento de evangélicos e grupos sem religião vem se acelerando, segundo pesquisas por amostragens mais recentes.

“Possivelmente em cerca de 10 e 15 anos o Brasil não terá mais maioria católica”, diz o demógrafo José Eustáquio Diniz Alves, da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE.

A Igreja Católica no Brasil demonstra ter mudado a visão a respeito do cenário, e agora, sob a batuta de Francisco, tenta focar na qualidade dos fiéis, e não mais na quantidade. O cardeal dom Sérgio da Rocha, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e arcebispo de Brasília, afirmou que o mais preocupante não são os fiéis que seguem a Jesus em outras igrejas, mas os que se dizem católicos e não vivem como tal.

O padre Valeriano concorda e vai além, dizendo que a quantidade de católicos, na prática, é muito inferior ao demonstrando nas pesquisas: “Menos de 10% dos batizados na Igreja Católica Apostólica Romana frequentam as missas dominicais, o que significa um mínimo de pertença”, analisou.

Para o cardeal Rocha, Francisco tem se dedicado a mudar a postura da Igreja Católica, hoje mais enxuta e precisando deixar uma marca na sociedade diferente dos escândalos que a atingiram recentemente.

“Ele [Francisco] oferece sempre orientações para animar a missão da igreja e não especificamente para responder ao fenômeno do pluralismo religioso na América Latina. Um dos seus textos mais importantes é o que se chama ‘Evangelii Gaudium’, que significa a ‘Alegria do Evangelho’, em que propõe o caminho a seguir para realizar a missão da igreja: ele tem enfatizado a necessidade da igreja em missão permanente, que não se acomoda no templo, mas sai ao encontro de todos para compartilhar a alegria do Evangelho”, afirma o cardeal.

Rocha explica que as razões para a queda pronunciada do número de católicos no Brasil não são simples: “Tem a ver com a dinâmica interna de uma sociedade plural e complexa, e não apenas com as limitações e lacunas da ação pastoral da Igreja Católica, que obviamente não podem ser negadas”, observa.

“O pluralismo religioso é reflexo de uma sociedade plural. Não é possível manter a situação religiosa de outros tempos, nem seria conveniente, sob o ponto de vista teológico, uma igreja controladora da sociedade”, acrescentou, fazendo um mea-culpa e reconhecendo, de forma indireta, os avanços promovidos na sociedade pela Reforma Protestante.

Modelo

Para o padre Valeriano enxerga no modelo evangélico uma saída para conter a sangria: “Aqui nós sempre ficamos muito quietinhos. As paróquias não podem ficar só com o costume de manutenção. Temos que ir a campo, procurar as pessoas. Temos que adotar esse espírito empresarial, que é o que cria novas possibilidades”.

Os dados das pesquisas, ano após ano, mostram que os grandes centros urbanos são o campo mais fértil para os evangélicos. Na periferia de São Paulo, por exemplo, a relação de evangélicos e católicos era de 52 para 100, enquanto no centro da capital cai para 38 por 100.

Atualmente, Rondônia e Rio de Janeiro são os Estados onde o crescimento evangélicotem mais expressão: chega a 71 evangélicos para cada 100 fiéis ao Vaticano, no primeiro caso, e 64 contra 100 no segundo, conforme os números coletados pelo demógrafo Diniz Alves.

“As igrejas evangélicas criaram um caminho de inclusão e ascensão social”, afirma pesquisadora Maria das Dores Campos Machado, da UFRJ.

Um dos responsáveis pelo cuidado do rebanho, o pastor assembleiano Deiró de Andrade, formado em Administração, Economia e Direito, afirma que a forma como os evangélicos apresentam a mensagem bíblica é mais poderosa por um motivo: considera o indíviduo maior que a instituição e o Estado.

“Se o indivíduo está bem, o Estado estará bem”, afirma. “Os países da reforma protestante prosperaram; os da contrarreforma fracassaram. A Bíblia não diz o que é felicidade, mas mostra o caminho, trata da formação espiritual, da família, do trabalho que traz dignidade. É isso que pregamos”, acrescentou.

Uma pesquisa de 2015, realizada pelo Pew Research Center, de Washington (EUA), mostrou que à época, um em cada cinco brasileiros é ex-católico, e que a troca de religião, segundo 81% dos entrevistados, foi motivada por uma maior conexão com Deus, enquanto outros 69% disseram que preferiam o estilo evangélico e 60% destacaram a ênfase na moralidade.

Para o cardeal dom Sérgio da Rocha, no entanto, o futuro mostrará que os evangélicos enfrentarão o mesmo dilema católico, e em breve os institutos de pesquisa se debruçarão sobre outro tema: “A mobilidade religiosa no interior do próprio cenário evangélico, com as pessoas mudando de igreja, geralmente em busca de solução para seus problemas”. A conferir.

fonte: Gospel Mais/GG

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

#URGENTE : Missionária evangélica da Igreja Assembleia de Deus se desespera e comete suicídio

#URGENTE : Missionária evangélica da Igreja Assembleia de Deus se desespera e comete suicídio

"A gente faz de tudo pelos irmão, a gente da a vida pela obra e eles não reconhecem"

Missionária evangélica da Igreja Assembleia de Deus se desespera e comete suicídio. A igreja deveria ser um lugar de refúgio e comunhão. No, entanto está se tornando templos de discórdias e fofocas. Tal discrepância entre o conceito do cristianismo dentro da Assembléia de Deus, levou uma missionária evangélica a cometer suicídio.

A missionária, era presidente e regente do grupo de irmãs da igreja Assembleia de Deus de Cuiabá e encerrou a vida cometendo suicídio na manhã neste domingo (11).

Segundo um áudio de uma irmã, que afirma ter conversado com a pastora frequentemente pelo WhatsApp, ela se matou na cozinha na beira da pia cortando carne. De acordo ainda com a gravação, ainda na semana passada, quando conversavam, a missionário confessou que não aguentava mais fofocas. Este teria sido o motivo que teria levado a evangélica tirar a própria vida.

áudio ainda conta, que na Assembléia de Deus de Cuiabá, ela estaria realizando a festa do círculo de oração a qual era regente.
E as irmãs, que deveriam ser o pilar da igreja em oração, criaram contenda por conta de ” sapatilhas e roupas”. Elas não teriam gostado da proposta das vestimentas que se apresentariam na festa. Este caso tem se repetido em muitas igrejas.

Inclusive, o áudio ainda afirma, que além das contendas das irmãs, que lhe tiravam a paz, era o pastor da igreja que também a cobrava. As irmãs reclamavam para ele, e ele fazia cobranças dela, segundo o que as irmãs diziam.

” Ai ela pegou e falou bem assim: eu não aguento mais, tô a ponto de acabar com minha vida. A gente faz de tudo pelos irmão, a gente da a vida pela obra e eles não reconhecem. Estou disposta a se suicidar”, conta o áudio.

E realmente a evangélica acabou cumprindo o que falou neste domingo que se tornou fatídico para os membros da igreja.

Segundo a pastora que conta, ela e outra pastora amiga oraram por ela, mas mesmo assim ela acabou se matando.


FONTE: O BUXIXO GOSPEL e GG

sábado, 10 de novembro de 2018

VÍDEO!! Vinte e um cristãos ficam de joelho e são executados por não negar Jesus

VÍDEO!! Vinte e um cristãos ficam de joelho e são executados por não negar Jesus

21 cristãos ficaram de joelhos À Espera da morte, o chefe do grupo disse que estava ao sul de Roma uma referência ao Vaticano e ameaçou os cristãos do mundo inteiro.


O Egito bombardeou áreas dominadas pelos terroristas do Estado islâmico na Líbia numa reação à execução de 21 cristãos egípcios.

Dessa vez a barbaridade dos terroristas trocou o deserto por uma praia. O assassinato teriam sido em alguma data entre dezembro e janeiro mas o vídeo só foi divulgado ontem à noite pela internet e dessa vez teve até título uma mensagem assinada com sangue para a nação da Cruz.

Quando os 21 cristãos ficaram de joelhos À Espera da morte, o chefe do grupo disse que estava ao sul de Roma uma referência ao Vaticano e ameaçou os cristãos do mundo inteiro.


Fonte: GG

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Cumprindo profecia bíblica, Mar Morto está voltando à vida

Cumprindo profecia bíblica, Mar Morto está voltando à vida

Quase dez vezes mais salgado do que o oceano, nada pode viver no Mar Morto, um ambiente hipersalino – ou assim acreditavam os cientistas até pouco tempo.
“Naquele dia também acontecerá que sairão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas para o mar ocidental; no verão e no inverno sucederá isto.” Zacarias 14:8-8.

Quase dez vezes mais salgado do que o oceano, nada pode viver no Mar Morto, um ambiente hipersalino – ou assim acreditavam os cientistas até pouco tempo. A pesquisa científica provou a existência de vida no fundo do mar, mas devido a um conjunto único de circunstâncias, os sinais de vida começaram a aparecer em suas próprias costas, precisamente como está escrito no Livro dos Profetas.

Uma jovem mulher em uma caminhada, ficou chocada quando descobriu lagoas de água doce com peixes nas margens do Mar Morto. Samantha Siegel, uma mulher judia que vive em Jerusalém, em uma recente visita, encontrou uma visão incongruente com fortes implicações: uma profecia que aparece diante de seus olhos, que pareciam contradizer as leis da natureza.

O Mar Morto é, como o próprio nome indica, morto. Mais de 400 metros abaixo do nível do mar, é o ponto mais baixo em terra seca. Nenhuma vida pode existir em suas águas ultra-salgadas e suas margens são revestidas com uma espessa camada de sal que mata qualquer planta.

A sua falta de hospitalidade tem sido documentada durante séculos. Um mosaico no chão de uma igreja em Medeba, Jordan, que mostra um mapa para os peregrinos bizantinos em seu caminho para a Terra Santa, ilustra isso. Caracteriza uma imagem do nado dos peixes para baixo do rio Jordão e, em seguida, girando em torno de uma vez que chegam as águas do Mar Morto.

A Bíblia, no entanto, descreve um quadro muito diferente da região. Ló olhou para fora sobre o vale onde o Mar Morto é agora e vi uma região extremamente fértil e bem regada.

“E levantou Ló os seus olhos, e viu toda a campina do Jordão, que era toda bem regada, antes do Senhor ter destruído Sodoma e Gomorra, e era como o jardim do Senhor, como a terra do Egito, quando se entra em Zoar.” Gênesis 13:10-10

A Bíblia relata que a paisagem mudou quando o fogo e enxofre que destruiu Sodoma e Gomorra transformou o vale em um terreno abandonado e sem vida. Na verdade, as pessoas que visitam o Mar Morto hoje tem dificuldade de imaginar um grande e belo jardim na região árida.

Ainda mais desconcertantes são as profecias messiânicas de que a água vai fluir do leste de Jerusalém para o Mar Morto, e essas águas amargas vão encher-se com peixes e do deserto ao redor será repleto de vida.

8. Então disse-me: Estas águas saem para a região oriental, e descem ao deserto, e entram no mar; e, sendo levadas ao mar, as águas tornar-se-ão saudáveis.
9. E será que toda a criatura vivente que passar por onde quer que entrarem estes rios viverá; e haverá muitíssimo peixe, porque lá chegarão estas águas, e serão saudáveis, e viverá tudo por onde quer que entrar este rio.
Ezequiel 47

O nível da água no Mar Morto vem recuando a uma taxa fantástica de até um metro a cada ano. Isto é devido à água que está sendo desviada do rio Jordão para fins agrícolas e pela evaporação causada pelas obras minerais do Mar Morto. O nível da água caindo levou que buracos aparecessem nas margens do Mar Morto. Em uma visita à região árida, Siegel, descobriu-se que muitas dessas piscinas foram se enchendo de água doce, e ainda mais incrivelmente, sendo habitada por peixes.

A prova é inegável. Foi filmado por Siegel um vídeo onde os peixes são claramente visto nadando nas margens do Mar Morto, em piscinas cercadas por plantas verdes.

Água fresca no Mar Morto é um exemplo claro de como os profetas foram capazes de ver as coisas que permaneceram escondidas dos cientistas por milhares de anos. Em 2011, uma equipe de pesquisadores da Universidade Ben Gurion, no Neguev, enviou mergulhadores para o fundo do Mar Morto. Este esforço causou sérias dificuldades técnicas devido o ambiente ser super salino, os equipamentos ficaram inoperantes. Foi a primeira vez que este tipo de mergulho tinha sido feito, e o que eles descobriram foi surpreendente.

Os pesquisadores descobriram enormes crateras no fundo do mar, a 15 metros de diâmetro e 20 metros de profundidade. Água fresca estava fluindo a partir dessas crateras, que foram alcatifados com tapetes de micro-organismos, mostrando que o Mar Morto não estava totalmente morto. O início da profecia está no lugar, esperando para brotar.

Talvez o aspecto mais notável desta profecia bíblica que nos está sendo apresentada é como disse Siegel afirmou, “Esta é uma grande coisa, e ninguém está realmente falando sobre isso.”

Com informações Apocalipse Gospel/ Guiame e GP

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Evangélicos celebram em todo mundo 501 anos da Reforma Protestante

Evangélicos celebram em todo mundo 501 anos da Reforma Protestante

Entre as propostas de Lutero, estava a de traduzir a Bíblia Sagrada para que todos pudessem conhecer a palavra de Deus.



O dia 31 de outubro de 1517, foi a data escolhida por Martinho Lutero, para divulgar suas 95 teses contra o papa e a Igreja Católica. Era o início da Reforma Protestante, que depois gerou o movimento evangélico.

O ex-monge alemão Martinho Lutero, afixou na porta da Igreja, no Castelo de Wittenberg, na Alemanha, o documento em que expunha suas divergências com o catolicismo.

Entre as propostas de Lutero, estava a de traduzir a Bíblia Sagrada para que todos pudessem conhecer a Palavra de Deus. Até então, isso era privilégio do clero. A manifestação pública, daria início ao movimento conhecido com Reforma Luterana ou Protestante.

Lutero visitou a cidade de Roma, e ficou escandalizado com o declínio moral dos líderes religiosos. Ele passou por crises espirituais profundas, Lutero temia que o Deus justo não o aceitasse, por isso ele se desdobrava em penitências religiosas, para conseguir méritos diante de Deus.

Como resultado do estudo sério da Bíblia, descobriu e entendeu a poderosa doutrina da justificação pela fé, isso foi revolucionário para ele, Lutero encontrou paz e descanso para sua alma na cruz de Jesus Cristo.

Lutero começou então a pregar a sua descoberta na cidade de Wittemberg, o papa Leão X, querendo arrecadar fundos para terminar as obras do templo de São Pedro em Roma, começou a vender indulgências em toda Alemanha, que garantiriam o perdão dos pecados.

Lutero ficou extremamente indignado com tal pregação, e começou a denunciar como “falso” aquele ensinamento. Na manhã do dia 31 de Outubro de 1517, ele afixou as suas 95 teses na porta da catedral de Wittemberg, e com aquela atitude estava deflagrado o grito da reforma.

Seus ensinos foram condenados, e no mês de Junho de 1520, Lutero foi excomungado pelo Papa Leão X. Lutero traduziu o novo testamento para língua alemã, e faleceu em 18 de Fevereiro de 1546, aos 63 anos de idade, mas antes de falecer, ele tinha mudado para sempre a história do cristianismo.

Com informações: FG

Sinais da volta de Jesus já estão acontecendo em Israel

Sinais da volta de Jesus já estão acontecendo em Israel


Você já parou para pensar como será o Apocalipse? Qual seria o maior sinal para sabermos sobre o fim dos tempos? E o anticristo? Para responder essas e outras perguntas, o pastor Naêif Almeida esclareceu diversos pontos sobre o último livro da Bíblia. Ele afirma que há interpretações sobre as Escrituras e salienta o retorno dos judeus para Israel.

“Algumas interpretações da profecia bíblica deixavam isso totalmente à parte. Hoje, os irmãos que entendiam que Israel já não estavam mais no cenário profético, estão cedendo a essa visão. Pois é algo muito claro. Israel não é apenas um povo que voltou para sua terra, mas um povo que tem expressão no mundo”, disse ele.

“Pessoas que não estão acostumadas com esse tema não percebem como aqueles que estão mais atentos, mas nós estamos dentro do momento, por isso que não temos essa noção tão clara, do tamanho que é esse sinal do povo judeu novamente na terra deles. Eles passaram dois mil anos dispersos e não desapareceram como nação”, pontuou.

“Mas eles voltaram para o mesmo lugar de origem e segundo o profeta Ezequiel isso estaria acontecendo. É a visão do vale dos ossos secos. Então, a gente vê o final da segunda guerra mundial, você vê o vale de ossos secos, os tratores empurrando aqueles corpos para dentro das valas”, relembrou. “É muito clara a palavra profética (sobre Israel). Eles estariam novamente na terra deles no fim dos tempos. Esse talvez seja um dos maiores sinais que o Senhor dá”, coloca.

Cartas às igrejas

Sobre as cartas do apóstolo João às sete igrejas mencionadas no livro de Apocalipse, o pastor explica. “Essas igrejas estão todas na Turquia e elas representam as igrejas do período gentio, ou no tempo dos gentios. Mas, não existe nenhuma referência a igreja da judeia, para que ficasse bem claro que a mensagem era para a Igreja e não objetivamente para Israel”, comentou.

“Então, essas igrejas representam ao longo da história toda igreja gentílica, espalhada fora de Israel. A mensagem é para toda a Igreja, em todos os períodos da história, desde o momento em que ela foi estabelecida em Pentecostes, até o momento em que ela será arrebatada para um encontro com o Senhor nos ares. Podemos identificar isso historicamente. A primeira é a igreja de Éfeso que está bem caracterizada com a igreja primitiva”, ressaltou.

Confira a explicação na íntegra:

FONTE: GUIA-ME/GG

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Assista ao vídeo!!!“Deus capacita os escolhidos”: Jair Bolsonaro durante culto na ADVEC

Assista ao vídeo!!!“Deus capacita os escolhidos”: Jair Bolsonaro durante culto na ADVEC

Essa foi a primeira vez que o presidente eleito participou de um culto após a vitória nas urnas.
                                Silas Malafaia e Jair Bolsonaro (reprodução)

O presidente eleito Jair Bolsonaro, participou de um culto na noite da última terça-feira (30), na Assembleia de Deus Vitória em Cristo do pastor Silas Malafaia. Essa é a primeira vez que Bolsonaro vai a uma igreja após a vitória nas urnas.

Bolsonaro foi convidado até o pulpito e aclamado pelos fiéis que o chamavam de “mito” enquanto ele subia no altar. Na oportunidade Malafaia relembrou o dia em que celebrou o casamento de Bolsonaro, e revelou que na época o parlamentar já dizia que um dia seria presidente do Brasil.

O presidente eleito agradeceu a Deus, e disse que não se achava o mais capacitado para ser presidente, mas citou que Deus capacita os escolhido. Bolsonaro agradeceu a todos e pediu as orações da igreja para que ele fizesse um bom governo.
Silas aproveitou e mandou um recado para imprensa: “Eu quero aproveitar e deixar bem claro e declarado aqui, nos sabemos que bolsonaro foi eleito por voto de evangélicos, católicos, e tantas outras religiões, eu posso discordar de pessoas mas eu não posso negar a verdade a minha conciência, muitos padres, bispos da igreja católica, como pastores fizeram, botaram a cara pra fora e gente de outras religiões. (E também quero dizer a toda imprensa que nos não estamos votando em candidato a Deus, nos não estamos votando em alguém que vai fazer graça para evangélicos, isso seria muito misquinho, nos estamos votando em alguém para mudar a históra de nossa nação)”.
Malafaia encerrou fazendo uma oração por Bolsonaro, e o presidente eleito encerrou sua fala dizendo a frase que ficou famosa nessa eleição: “Brasil acima de todos, e Deus acima de tudo”.

Por questões de segurança Bolsonaro foi embora depois da oração e não deu entrevistas e nem tirou fotos.

Assista ao vídeo de Bolsonaro na ADEVC.

Com informações: FG

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

VEJA O VÍDEO!! Profeta faz oração e perna de menina cresce de forma inacreditável

VEJA O VÍDEO!! Profeta faz oração e perna de menina cresce de forma inacreditável

Veja o vídeo de um profeta que cura a perna de uma menina durante uma cruzada.

Durante uma cruzada evangelística, o profeta chama uma criança que tem uma perna deformada, sendo menor que a outra perna, o profeta começa a orar na perna da criança, e algo surpreendente aconteceu.

O vídeo que você vai ver, é surpreendente.




Com informações:GG

sábado, 20 de outubro de 2018

CGADB oficializa apoio a Jair Bolsonaro

CGADB oficializa apoio a Jair Bolsonaro

Assembleia de Deus no Brasil tem mais de 20 milhões de fiéis


José Wellington Costa Júnior e Jair Bolsonaro. (Foto: Tiago Bertulino / CGADB)














O presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), pastor José Wellington Costa Júnior encontrou-se com o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) na tarde desta quinta-feira (18).

Durante a reunião ele declarou oficialmente o apoio do seu grupo denominacional, que conta com 95.732 pastores. A Assembleia de Deus é a maior denominação do país, reunindo mais de 20 milhões de fiéis.

Bolsonaro, que tem uma ampla identificação com o segmento evangélico, agradeceu a formalização do apoio e também “as orações dos irmãos da Assembleia de Deus, só estou vivo porque Deus me guardou”.

Enviou ainda um aviso aos evangélicos: “tenham certeza que, se for a vontade de Deus que eu seja eleito, vocês terão na presidência alguém afinado com aquilo que a Igreja defende; o Brasil é laico, mas nós somos cristãos”.

José Wellington Júnior justificou a decisão pela candidatura de Jair Bolsonaro: “não é só por seu perfil conservador, mas acima de tudo pelo respeito que o mesmo demonstra para com a família e a Igreja, sendo contra a ideologia de gênero, legalização das drogas, aborto e tantos outros itens que vem contra o que nos ensina a palavra de Deus”.

No primeiro turno a CGADB não havia se posicionado oficialmente a favor de nenhum candidato, embora seu presidente emérito, José Wellington, tenha declarado voto em Bolsonaro.

      Fonte:GP

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

CGADB conclama assembleianos a orar pelo país

CGADB conclama assembleianos a orar pelo país

Serão 30 dias de Jejum e Oração de 07 de setembro a 07 de outubro de 2018


Uma crise moral, social, econômica e política, tem assolado nossa nação nos últimos anos, e a nossa principal esperança de mudança é o Senhor Jesus. Por isso, nestes trinta dias que antecedem as eleições majoritárias, a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), convida você Pastor, Membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus a fazer parte de uma Campanha Nacional de Jejum e Oração.

Serão trinta dias ininterruptos, de 07 de setembro a 07 de outubro de 2018, clamando ao Senhor, jejuando, orando por nosso país; em seu lar, sempre que estiver reunido com sua família em um momento de adoração a Deus, clame pelo Brasil; em todos os cultos e reuniões da Igreja que está sob seus cuidados, de igual modo, faça uma oração especial pelo Brasil.

Oremos para que Deus nos direcione a votar em homens, mulheres comprometidos não só com o bem e o futuro da nação, mas acima de tudo, comprometidos com Deus e a sua palavra, que afirma “Quando os justos governam, o povo se alegra” Pv. 29:2a;

Não fique de fora deste projeto, mobilize a Igreja do Senhor no seu bairro, município, estado, a fazer parte deste momento especial.

“E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”. 2Crônicas 7:14.

Uma Campanha da CGADB presidida pelo pastor José Wellington Costa Júnior, por iniciativa do Conselho Político, presidido pelo pastor Eliazar Ceccon.

Campanha Nacional de Jejum e Oração das Assembleias de Deus pro Brasil de 07 de setembro a 07 de outubro de 2018.

Fonte: Conselho de Comunicação e Imprensa da CGADB
Foto de Ludmila Ferber revela detalhe surpreendente sobre recuperação da pastora

Foto de Ludmila Ferber revela detalhe surpreendente sobre recuperação da pastora

A pastora irá passar o feriadão do dia da Independência com a família

 Por Estagiário


A cantora Ludmila Ferber, tem nos últimos meses, lutado contra um câncer no pulmão, e vem recebendo apoio de vários fãs e artistas famosos por meios de visitas e mensagens nas redes sociais. Em suas publicações na internet ela tem divulgado o processo do tratamento e das reações que seu corpo está tendo.

Em uma das postagens no Instagram ela demonstrou uma certa alegria e ansiedade em está indo aproveitar o feriadão do dia da Independência com a família.

Na foto a pastora se mostra sorridente, ao lado do irmão, e um detalhe chamou a atenção de alguns seguidores que comentaram: -Que linda já estar crescendo seus cabelos-. 

Esse detalhe do cabelo crescendo pode gerar uma certa ‘esperança’, em relação com a quimioterapia, que talvez possa está perto no fim do tratamento.
Os admiradores da pastora ficaram animados com o detalhe do cabelo dela estar crescendo, aumentando a esperança de que tudo está encaminhando pra um resultado positivo para Ludmila. Em outras postagens, no seu Instagram, ela deixou algumas mensagens reflexivas para seus fãs.

Mesmo fazendo o tratamento contra a doença, a pastora Ludmila Ferber, está em processo de gravação de um novo projeto, a cantora gospel Fernanda Brum participará do novo álbum.

Fonte: FG

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Ludmila Ferber compartilha mensagem sobre fé no milagre; Assista

Ludmila Ferber compartilha mensagem sobre fé no milagre; Assista

A cantora Ludmila Ferber gravou um vídeo com uma mensagem de fé e demonstrou confiança na cura do câncer de pulmão contra o qual vem lutando desde maio.

Na mensagem, ela fala sobre os cenários que caracterizam uma vitória como “milagre”: “De que são feitos os milagres, como eles acontecem, quais são os seus ingredientes e como atrai-los a nós? Milagres são feitos do que não tem mais jeito, nos tempos difíceis e das coisas impossíveis”, afirmou.

“Os milagres nascem nas horas mais terríveis e são gerados sobre o altar de adoração. Por isso, em meio à maior dor, não se desespere, porque a esperança vive, a esperança não morre jamais. Clame. Clame! Não precisa sentir arrepios, só clame, porque muito pode – creia! – em sua eficácia, sim, a oração do justo, não por obras, mas pela fé em Deus”, acrescentou a pastora.

Na legenda do vídeo Ludmila acrescentou que “Deus ouve a oração do justo, não por suas obras, mas pela fé. Simples e pura. Sincera e ‘rasgada’”.

Desde que revelou estar em tratamento contra o câncer, Ludmila Ferber vem compartilhando com seus seguidores nas redes sociais mensagens de esperança e convicção na cura.

Em julho, a pastora revelou os efeitos da quimioterapia, como a queda de cabelo, e encorajou a audiência a confiar em Deus: “Não perder jamais a fé, a esperança, a garra, e a coragem para enfrentar de frente o que está diante de nós. Deus te fortaleça e abençoe muito”, afirmou.

“Os desafios que você estiver enfrentando, por mais dolorosos e grandes e difíceis que estejam sendo, o que você tiver que enfrentar… Eu tenho aprendido a ter que encarar. De cara lavada, olhando firmemente para o autor e consumador da minha fé, o Senhor Jesus. Porque de fato, em todas essas coisas que a gente passa, nós somos mais do que vencedores. Você vai vencer, em nome de Jesus. Força e coragem, Deus te abençoe!”, concluiu Ludmila Ferber.

Confira o novo vídeo de Ludmila Ferber sobre a fé no milagre:


Fonte:G+

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Mais de 1.800 soldados do Exército dos EUA se entregam a Jesus

Mais de 1.800 soldados do Exército dos EUA se entregam a Jesus

A cada semana, aumenta o número de soldados das Forças Armadas do Missouri que aceitam Jesus

Um avivamento está acontecendo na base do Exército dos Estados Unidos em Fort Leonard Wood, no Missouri. De acordo com o capelão Jose Rondon, mais de 1.800 soldados aceitaram Jesus Cristo desde março deste ano.

“Desde 11 de março de 2018, vimos 1.839 soldados se entregando a Cristo. Deus está fazendo um trabalho inacreditável através das forças armadas em Fort Leonard Wood”, disse Rondon no Facebook, destacando que só no último domingo (12), 380 oficiais aceitaram Jesus.
O capelão acredita que agir intencionalmente e pregar o Evangelho tem sido fundamental para as conversões. “Ser intencional não significa apenas pregar a Palavra de Cristo na capela, mas ser sensível ao Espírito Santo para compartilhar a mensagem de reconciliação quando o tempo se encaixar”, disse Jose ao site Baptist Press.
O major-general aposentado Doug Carver, diretor de capelania do Conselho de Missões da América do Norte, observa que homens e mulheres nas forças armadas estão com fome de Deus.
“Nossas tropas, que estão cada vez mais famintas por verdade e relevância em suas vidas, estão encontrando uma fé que funciona, através de um relacionamento pessoal com o Senhor Jesus Cristo”, disse Carver. “O despertamento espiritual em Fort Leonard Wood indica que um grande movimento de Deus está acontecendo dentro das Forças Armadas hoje”.
Enquanto isso, Jose acredita que o número recorde de salvação é uma resposta de oração. “O Senhor é bom e deseja não somente nos reconciliar através de sua morte e ressurreição, mas também que o mundo inteiro saiba que Ele está fazendo grandes coisas nas forças armadas”, afirma.
“Ele continuará fazendo grandes coisas, em nós e através de nós, para a Sua glória em nossa sociedade tão necessitada de Cristo”, Jose acrescenta.
Com informações: CPADNews

terça-feira, 7 de agosto de 2018

CONTAGEM REGRESSIVA!! MAIS realiza a VIII Edição do Congresso Regional em Chapadinha

CONTAGEM REGRESSIVA!! MAIS realiza a VIII Edição do Congresso Regional em Chapadinha

Por: Valdivan Alves

Serão dois dias de confraternização com atrações e cultos no Ginásio Poliesportivo Raimundo Nonato Vale, na Av Ataliba Vieira de Almeida.

A partir desta sexta-feira (10) e sábado(11), MAIS – Ministério Apostólico Internacional Shalom em Chapadinha, realizará a  VIII Edição do Congresso Regional. O evento pretende reunir todos os membros do Ministério de todo o Baixo Parnaíba e Alto Munim. A entrada é gratuita. 



Este ano, o encontro terá vaiarias atrações gospel, entre elas a cantora Isana e banda, os preletores Apostolo Silvio Antonio e Apostola Alessandra Machado. serão 02 dias de confraternização, louvor e adoração. 

Com o tema “CHAVES DO REINO”, Esse congresso é de grande importância para a região, principalmente porque coloca a cidade como sede do oitavo maior congresso missionário do da região. 

A expectativa é que os visitantes saiam impactados pelo poder de Deus e com a vontade de cooperar para que a obra missionária alcance cada vez mais pessoas. 

O MAIS é conhecido também pelo trabalho social realizado na cidade, o evento permite conhecer um pouco mais do MAIS em Chapadinha. O congresso reúne centenas de evangélicos com o mesmo intuito: levar a palavra de Deus a todos os povos e fortalecer a sua igreja com os ensinamentos da palavra.
Um milhão de evangélicos argentinos nas ruas contra o aborto

Um milhão de evangélicos argentinos nas ruas contra o aborto

“Desafiamos a igreja evangélica a ser protagonista nesta luta”, destaca líder do Parlamento e Fé.

por Jarbas Aragão

Durante final de semana, milhares de evangélicos protestaram contra o aborto na Argentina. O senado do país votará dia 8 a lei que legaliza a prática, podendo mudar a decisão da Câmara dos Deputados que a aprovou em junho.

O ato organizado diante do Obelisco da avenida 9 de Julio, um tradicional ponto de protesto no país, foi o maior dos últimos anos. Durante da marcha, que teve como lema “Salvemos as duas vidas”, os participantes usaram lenços azuis, que caracteriza o movimento pró-vida no país.Além da marcha, pastores evangélicos organizaram vigílias e promoveram campanhas de orações para que a lei não passe. O presidente Maurício Macri disse que não pretende vetá-la, caso passe no Senado.

Os organizadores acreditam que havia 650 mil em Buenos Aires. Entre os muitos discursos, os líderes do movimento lembraram aos evangélicos que, nos períodos eleitorais, muitos candidatos visitam seus templos para obter votos. Os pastores avisaram que farão um alerta nacional para que os fiéis não votem naqueles que se mostrarem a favor da legalização do aborto.

No domingo, outras cidades argentinas também tiveram manifestações do tipo. Em Tucuman foram cerca de 150 mil e, em Córdoba, a movimentação atraiu um número similar. Não existe uma contagem oficial, mas estima-se que elas mobilizaram mais de um milhão em todo o país. Jornais argentinos dão conta que havia muitos católicos e pessoas sem religião participando também.

Parlamento e Fé

Luciano Bongarrá, presidente do Parlamento e Fé. (Foto: Claudia Werhli da Silva)
                          Luciano Bongarrá, presidente do Parlamento e Fé. (Foto: Claudia Werhli da Silva)
Em entrevista ao Gospel Prime, o pastor Luciano Bongarrá, líder do ministério “Parlamento e Fé” diz que, quando a Câmara debatia a legalização do aborto, a Igreja no início não estava atenta à gravidade da situação. Porém, passou a se manifestar fortemente após ela ser aprovada.

“Hoje, em cada província há um grande ativismo das igrejas. Os pastores estão mobilizando suas igrejas e cremos que isso vai ser revertido no Senado”, explica.

Bongarrá destaca que há uma influência estrangeira, pois houve um forte lobby pela legalização, a exemplo do que ocorreu na Irlanda, que também é um país majoritariamente católico. “Organizações multinacionais como a OEA e a ONU têm sua agenda mundial e ela chegou até nós”, denuncia.

Além disso, o pastor entende que “o populismo dos partidos de esquerda insistia fortemente na questão do ‘Estado laico’, mas nunca foi só uma questão religiosa, há fortes argumentos à luz da biologia e da legislação atual do país que protegem a vida”.

O Parlamento e Fé é um ministério paraeclesiástico que atua junto a autoridades, focado na evangelização de políticos e na conscientização que a igreja possui valores inegociáveis. O pastor Bongarrá acredita que “se tivéssemos mais políticos cristãos, a tentativa de legalização não chegaria tão longe”.

Nas últimas semanas, vários senadores foram procurados para ouvirem a posição da igreja. “Nosso ministério está lutando junto às igrejas e junto aos políticos pró-vida para que, apesar da decisão da Câmara, a lei não seja posta em prática. Desafiamos a igreja evangélica a ser protagonista nesta luta e começar um despertamento sobre a gravidade dessa agenda política anticristã”, ressalta. 

Fonte:GP